quarta-feira, 24 de junho de 2009

PM sai da USP, mas o impasse mantém greve




PM sai da USP, mas o impasse mantém greve


A USP amanheceu ontem sem PMs e sem piquetes de funcionários. O avanço nas negociações, no entanto, parou por aí: a reunião entre reitores de USP, Unesp e Unicamp e representantes de servidores, professores e alunos três universidades públicas de São Paulo acabou sem acordo.

Os reitores apenas repetiram a proposta já feita de reajuste salarial de 6,05% – para repor a inflação do último ano. Os grevistas cobram aumento de 16% e um valor extra de R$ 200. A reportagem apurou que os reitores consideram inviável aumentar o percentual de reajuste oferecido, uma vez que o comprometimento com a folha de pagamento já é considerado alto. Estariam dispostos apenas a atender reivindicações laterais, como por exemplo reajustes no vale-refeição.

Após a reunião, que durou cerca de três horas, funcionários chegaram a defender, em discurso em um carro de som na USP, uma nova invasão da reitoria (em 2007 o prédio ficou ocupado por 50 dias). A questão será discutida hoje, em uma assembleia de funcionários.

“Ainda não existe deliberação sobre isso, mas tem muita gente levantando essa hipótese”, afirmou Magno de Carvalho, diretor de base do Sintusp (Sindicato dos trabalhadores da USP). Para Otaviano Helene, da Adusp (Associação dos Docentes da USP), a reunião não representou avanço para as negociações. Ontem, professores e estudantes da USP também realizam assembleias para discutir o movimento.

Por meio de uma nota, a reitoria afirma que manteve a proposta de aumento salarial, demonstrando “novamente o compromisso de recomposição dos salários, ao mesmo tempo em que garante os recursos mínimos para o funcionamento das universidades”.

A reunião de ontem foi a primeira entre o Cruesp (Conselho dos Reitores das Universidades Estaduais Paulistas) e o Fórum das Seis -entidade que representa funcionários, docentes e alunos de USP, Unesp e Unicamp – desde 18 de maio, quando a negociação começou. Enquanto reitores e grevistas conversavam, do lado de fora da reitoria da USP foi realizado um ato, com cerca de 300 pessoas das três universidades.

Com a presença da PM no campus, desde 1º de junho, professores e estudantes decidiram aderir, em 5 de junho, à paralisação iniciada pelos funcionários em 5 de maio. No dia 9, um confronto entre policiais e grevistas deixou dez feridos. A reitoria afirmou que a polícia estava no campus para evitar bloqueios a prédios

Nenhum comentário:

MATERIAS PUBLICADAS

universidade livre

universidade livre

Mural da cultura da ocupaçao

Mural da cultura da ocupaçao

Arquivo (((Ocupa)))

Arquivo  (((Ocupa)))
Leia mais

Mural da cultura da ocupaçao

Mural da cultura da ocupaçao

usp unesp fatec e unicamp na L.uta Professor Funcionario e Estudante

usp unesp fatec  e  unicamp na L.uta Professor  Funcionario e  Estudante
Todos a Luta por uma Universidade publica e de qualidade

amanha vai ser maior

amanha  vai  ser  maior

moção de apoio

moção  de  apoio

assembleia geral dos estudantes

assembleia geral dos  estudantes
Enfrente a Reitoria ocupada

Universidade livre

Universidade  livre
auntonomia

moção de apoio

moção  de  apoio

todos por uma universidade livre

todos por  uma universidade  livre

universidade de são paulo

universidade de são paulo
((((((( usp )))))))))

assembleia geral dos estudantes

assembleia geral  dos  estudantes
dentro da Reitoria . deciden a ocupaçao

!!!!!!!!!!!!!!!!!autonomia já!!!!!!!!!!!!!!!!!!

!!!!!!!!!!!!!!!!!autonomia já!!!!!!!!!!!!!!!!!!
fora os decretos

Mural da cultura da ocupçao

Mural da  cultura  da  ocupçao

Charge De Felipe Rios

Charge De Felipe Rios

fora os decretos

fora  os decretos

Todos a Luta

Todos  a  Luta

!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!(((ocupa)))!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!(((ocupa)))!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
(((((((((((((((OcUpA)))))))))))))

assembleia geral dos estudantes

assembleia  geral  dos  estudantes
enfrente da Reitoria

Assembleia dos Estudantes

Assembleia dos  Estudantes
Dentro da Reitoria Deciden a ocupçao

na charge de Flipe Rios

na  charge de  Flipe Rios

Mural da cultura da ocupaçao

Mural da cultura da ocupaçao

fora decretos

fora  decretos