segunda-feira, 13 de agosto de 2007


Primeira crise enfrentada por José Serra, os protestos na assembléia e a ocupação da reitoria da USP, que tem sido o pavio de uma importante discussão sobre autonomia universitária X autoritarismo de Serra, tem dado várias importantes lições na esquerda "velha". A ocupação foi a frente e seguiu a despeito das avaliações de entidades e militantes partidários e experientes. Os independentes, anarquistas e outros grupos, inspirados por Hakim Bey e afins, trouxeram-os a reboque, como, com a devida proporção, Seattle trouxe a reboque o Fórum Social Mundial.
Conversei com duas pessoas com décadas de esquerda na USP. Uma disse que não deveriam entrar em greve porque "a universidade não produz mais-valia". O outro disse que há dez dias as entidades defenderam o fim da ocupação, porque "não havia correlação de forças". Este admitiu que eles estavama errados, e os jovens estudantes que sustentam a ocupação e aprendem conforme fazem, estavam certos. De cinco dias para cá a ocupação se tornou uma "bomba" no colo de Serra. Com a entrada em greve dos professores ontem (lógico, das partes da USP que entram em greve) o custo político da ação da Tropa de Choque subiu muito.
O que a "mais valia" e a "correlação de forças" não explicam? Ridiculamente voltando ao meu livro sobre protestos anti-globalização, A guerrilha surreal (Conrad) Que força se faz a força, e que a sociedade de hoje é do "espetáculo" para o bem e para o mal. A ocupação foi se tornando um crescente fato midiático, forçando respostas de Serra, chamando atenção para os decretos e rebatendo argumentos do governo, que optou por negar a ameaça a autonomia, a legitimidade do protesto, desqualificando-o totalmente, e enquadrando, de maneira vexatória, seus prepostos, os reitores.
O que não contavam foi com a força do protesto dos desinteressados, com a criatividade de comunicação dos estudantes, com sacadas geniais como encher as barricadas com fotos do Serra posando com uma arma, foto com a qual a direita gozou em página dupla na Veja. Com o cheiro do ralo da ilegalidade dos decretos, que começa a ser sentido por todos. Xico Sá no nominimo, matérias de repórteres da Folha sobre o clima na ocupação etc...começaram a bater na barra da calça do governo.
Pinotti foi exposto no seu real objetivo no cargo: enquadrar as públicas como representante das universidades privadas. É a privada da FMU mandando na USP, Unesp e Unicamp. Hoje, artigo do pitbull intelectual dos tucanos, José Arthur Giannotti (demorou, não?) acusa o golpe, e junto com um editorial da Folha de S. Paulo, começa a tentar sinalizar uma saída para Serra. "Redigir" os decretos, ou colocar os reitores para implantarem um "meio termo".
Tudo pode estar acabando hoje. Mas parece que não vai ficar de barato estes decretos que passam por cima da lei. A universidade, fica ainda mais dividida e polarizada entre os que lutam para que ela seja mais pública, crítica, social, e os privatistas das fundações, com uma maioria silenciosa de pesquisadores "independentes" no meio.
A sociedade lembra aos tecnocratas autoritários, que a política feita de forma silenciosa, apenas pelos interesses econômicos, nem sempre é tão fácil de se implantar assim.
Vamos ver como fica Pinotti e sua ridícula "ex-secretaria do Turismo", se a Fapesp continuará na pasta de "Desenvolvimento" e principalmente, como fica Serra e seus decretos.

Nenhum comentário:

MATERIAS PUBLICADAS

universidade livre

universidade livre

Mural da cultura da ocupaçao

Mural da cultura da ocupaçao

Arquivo (((Ocupa)))

Arquivo  (((Ocupa)))
Leia mais

Mural da cultura da ocupaçao

Mural da cultura da ocupaçao

usp unesp fatec e unicamp na L.uta Professor Funcionario e Estudante

usp unesp fatec  e  unicamp na L.uta Professor  Funcionario e  Estudante
Todos a Luta por uma Universidade publica e de qualidade

amanha vai ser maior

amanha  vai  ser  maior

moção de apoio

moção  de  apoio

assembleia geral dos estudantes

assembleia geral dos  estudantes
Enfrente a Reitoria ocupada

Universidade livre

Universidade  livre
auntonomia

moção de apoio

moção  de  apoio

todos por uma universidade livre

todos por  uma universidade  livre

universidade de são paulo

universidade de são paulo
((((((( usp )))))))))

assembleia geral dos estudantes

assembleia geral  dos  estudantes
dentro da Reitoria . deciden a ocupaçao

!!!!!!!!!!!!!!!!!autonomia já!!!!!!!!!!!!!!!!!!

!!!!!!!!!!!!!!!!!autonomia já!!!!!!!!!!!!!!!!!!
fora os decretos

Mural da cultura da ocupçao

Mural da  cultura  da  ocupçao

Charge De Felipe Rios

Charge De Felipe Rios

fora os decretos

fora  os decretos

Todos a Luta

Todos  a  Luta

!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!(((ocupa)))!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!(((ocupa)))!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!
(((((((((((((((OcUpA)))))))))))))

assembleia geral dos estudantes

assembleia  geral  dos  estudantes
enfrente da Reitoria

Assembleia dos Estudantes

Assembleia dos  Estudantes
Dentro da Reitoria Deciden a ocupçao

na charge de Flipe Rios

na  charge de  Flipe Rios

Mural da cultura da ocupaçao

Mural da cultura da ocupaçao

fora decretos

fora  decretos